Mondrian e o Neoplasticismo no CCBB-SP

Mondrian e o Neoplasticismo no CCBB-SP
Mais do que uma exposição, Mondrian e o Movimento Stijl é uma verdadeira aula sobre um dos períodos mais ricos e revolucionários nas artes e na arquitetura.
Visitar a exposição, que está em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo,  foi para mim como uma volta aos tempos de faculdade, uma fase de descobertas sobre o mundo, as artes, a arquitetura, sobre o velho mundo.
Foi também um período de descobertas pessoais e quando pude entender as artes como essência filosófica e material da nossa sociedade, esse organismo em constante mutação.

 

Nas obras do pintor holandês Piet Mondrian (1872-1944) a natureza retratada e racionalizada em busca da plastica ideal ou a mais simples, lembrou o desejo de buscar nossa essência.
Mondrian foi um dos fundadores do Movimento Stijl ou Neoplasticismo, como ele preferia chamar, junto com outros artistas, arquitetos e designers que compartilhavam da mesma linha de pensamento.

 

Também em destaque as obras de Gerrit Thomas Rietveld (1888-1964), arquiteto e designer criador da icônica cadeira Vermelho e Azul.
Ao todo são 60 obras entre telas, mobiliário e maquetes que compõem essa exposição, traçando um rico panorama do que foi o Movimento Neoplasticista que até hoje exerce grande influência em todos os segmentos criativos.

 

 

 

A arte e a arquitetura extremamente simplificadas dos Neoplasticistas, em uma época marcada pelos excessos da Art Deco, mostram a ousadia e a genialidade do artista. Posso dizer que além de nostálgica a mostra me impulsionou para repensar o novo de novo.

 

 

Serviço:
MONDRIAN E O MOVIMENTO DE STIJL
CCBB-SP
Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – São Paulo (SP)
Fone: (11) 3113-3651
ccbbsp@bb.com.br
Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.

 

Share This

Leave a Comment