Tendência em Alta: Slow Design

Tendência em Alta: Slow Design

Depois do slow food, agora é a vez do slow design que nada tem a ver com a vanguarda do mobiliário e da decoração.
O slow design nada mais é do que o resgate de peças antigas de mobiliário. Peças de qualidade muitas vezes superior ao que é produzido hoje em dia e que carregam toda uma herança de referências.


O Slow Movement, tanto na gastronomia quanto no design, propõe uma reflexão na contra-mão da globalização e do estilo “fast” da era pós-industrial, casando perfeitamente com a nova percepção do consumidor sobre sustentabilidade e consumo consciente.


Na decoração esse novo conceito valoriza a longevidade das peças, substituindo a ansiedade do consumo de novos lançamentos da indústria pelo respeito à matéria-prima, ao meio ambiente e à mão de obra.
O conceito slow também inspira as novas criações dos designers, valorizando os produtos artesanais e regionais em contraponto a tudo que é produzido em larga escala e muitas vezes em países distantes, envolvendo práticas de exploração do trabalho humano e má utilização de recursos naturais, beneficiando inclusive a economia local.


Programas de TV como o Admirável Móvel Novo do Canal GNT, provam que a tendência de dar vida nova aos móveis antigos está cada vez mais em alta.

Share This

Leave a Comment